As Aventuras de Azur e Asmar

Infanto-juvenil

 

As Aventuras de Azur e Asmar

Direção: Michel Ocelot

Ano: 2006

Origem: França

Tempo: 99 min.

Distribuidor: Videofilmes (nas locadoras)

 

Muito além do colorido do “conto-de-fadas”, os temas apresentados neste filme, do mesmo diretor de Kiriku e a feiticeira, proporcionam discussões sobre: diferença, preconceito, racismo, intolerância cultural etc.

 

Azur e Asmar foram criados por Jeanne, mulher africana mãe de Asmar e babá de Azur, filho de um nobre inglês. Azur, louro de olhos azuis, e Asmar, negro, de olhos pretos cresceram como irmãos, aprendendo a cultura da terra de Jeanne, atentos sobretudo à história da Fada dos Djins. A partida de Jeanne, injustamente expulsa da casa pelo pai de Azur, separa os dois meninos, que só se reencontrarão quando adultos, no país de Jeanne e Asmar, agora ricos e importantes. Agora os ex-amigos de infância irão se confrontar, como príncipes rivais, na aventura em busca da sonhada Fada dos Djins.

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: